Óleos essenciais para seu pet: quais são recomendados, proibidos e como utilizar

Se você já experimentou o uso dos óleos essenciais para benefício próprio ou da sua família já sabe como eles podem ter resultados bastante positivos para sua saúde, mas você já experimentou óleos essenciais para animais de estimação?



Antes de prosseguirmos é de extrema importância consultar um veterinário de sua confiança antes de usar óleos essenciais em animais de estimação ou próximos a eles. Além desta consulta, é altamente recomendável receber conselhos adicionais de um especialista na área de aromaterapia animal. Como sabemos os óleos essenciais são bastante concentrados e os animais apresentam faro aguçado, isso pode causar problemas respiratórios, reações na pele, alergias e outras consequências nada agradáveis para a saúde do seu pet. Também não é indicado a aplicação em animais com menos de 10 semanas de vida.

De acordo com estudos do American Kennel Club,  alguns óleos essenciais podem sim ter efeito benéfico para os animais de estimação. Hoje, muitos donos de animais recorrem a óleos essenciais para resolver uma variedade de problemas de saúde, incluindo a prevenção de pulgas e carrapatos, problemas de pele e comportamentos como a ansiedade.

Embora o uso de óleos essenciais para animais de estimação seja conhecido por seus benefícios, você precisa saber quais óleos são seguros, como utilizá-los e lembrar que cada animal, assim como os humanos, é diferente e pode reagir de forma única a um determinado óleo essencial. Assim como os óleos para crianças, é importante lembrar que um pouco de óleo pode fazer muito, muito efeito com animais de estimação, sendo necessário saber a dosagem correta a seu usada.

Os óleos essenciais são seguros para animais de estimação?

Há muitos óleos essenciais que foram considerados seguros e, melhor ainda, saudáveis para os animais de estimação. Entretanto, há também muitos óleos essenciais que são tóxicos para cães e gatos (e animais em geral), os quais conheceremos mais adiante neste artigo.

Óleos essenciais mais recomendados para cães

Quais óleos essenciais são adequados para cães? Os seguintes óleos essenciais não só são bons para cães, mas também são conhecidos por seus benefícios potenciais muito impressionantes! Abaixo está uma pequena lista de óleos essenciais que os especialistas consideram seguros para uso por cães:

Óleo essencial de lavanda

O óleo de lavanda é uma escolha popular entre as pessoas, portanto você já pode ter à mão este incrível óleo essencial para seu amigo peludo. Se você está procurando óleos essenciais com cheiro agradável, a lavanda é uma ótima pedida. Além disso, pesquisas demonstraram que a lavanda tem um efeito surpreendentemente benéfico sobre o estresse pós-traumático e a capacidade de combater a ansiedade, por isso é provável que ela acalme você e seu animal de estimação.

Para os cães, o efeito calmante da lavanda pode ser muito benéfico em casos de ansiedade (por exemplo em casos de uma visita ao veterinário ou uma viagem de carro), desconforto no carro ou distúrbios do sono. Em 2006, foi realizado um estudo clínico sobre os efeitos do óleo essencial de lavanda em 32 cães que haviam viajado anteriormente com seus donos em um carro. O que eles encontraram? Os cães expostos ao cheiro de óleo de lavanda passam muito mais tempo relaxando e sentados e muito menos tempo se movendo, incomodados. Em geral, os pesquisadores concluem: “Os tratamentos tradicionais para cães que estão excitados com as viagens podem ser longos, caros ou ter efeitos negativos. Aromaterapia na forma de um perfume difuso de lavanda pode fornecer uma alternativa prática para tratar a excitação causada por viajar nesta forma”.

O óleo de lavanda é um excelente remédio local para problemas de pele de cão, como alergias e queimaduras. É também uma escolha comum de óleos essenciais para o tratamento de feridas e prurido em cães.

Confira o artigo completo sobre o óleo essencial de lavanda no link abaixo:

Óleo essencial de olíbano

Podemos usar incenso para os cães? Para a maioria dos cães, a resposta é sim! O uso de incenso no câncer de animais de estimação pode ser efetivo, pois pesquisas demonstraram que o incenso tem o poderoso potencial de combater certos tipos de câncer em humanos*.

O óleo de incenso é conhecido por suas poderosas propriedades antimicrobianas, tornando-o uma excelente escolha para combater micróbios e fortalecer o sistema imunológico. Pesquisas sobre modelos animais (ratos) também mostram que este antigo óleo tem um poderoso efeito antidepressivo.

Óleo essencial de hortelã-pimenta

O óleo de hortelã-pimenta pode ser prejudicial aos cães? A hortelã-pimenta é um dos óleos essenciais mais recomendados para cães com problemas de pulgas, além disso, pode ser usado para recuperar músculos doloridos, acalmar o estômago e dar energia a animais cansados. Ele tem efeito refrescante e pode abrir as vias aéreas e promover uma respiração saudável, enquanto acalma as articulações doloridas.
Como um óleo estimulante, também pode ser um excelente estimulante do humor para os animais. Seu uso é melhor recomendado com cães.

Confira mais detalhes sobre o óleo essencial de hortelã-pimenta no link abaixo:

Óleo essencial de cedro

Segundo a revista “Natural Dogs”, o óleo de cedro é um excelente remédio natural contra pragas de insetos. O óleo essencial de cedro usado pelos cães também pode atuar como antiséptico pulmonar, expectorante para tosse, estimulante circulatório (que o torna útil para dores no corpo e artrite), estimulante do crescimento do pêlo e da redução da caspa, diurético e sedativo geral que pode ajudar em problemas de comportamento como timidez ou agressão nervosa.

Óleo essencial de camomila

O óleo de camomila romana é um conhecido anti-inflamatório que é uma excelente escolha para os cães se o problema for irritação da pele, queimaduras, feridas, úlceras ou eczema. É um óleo essencial muito suave que também pode ajudar a acalmar um cão sob estresse.

Quais óleos essenciais são tóxicos para os cães?

Quais óleos essenciais NÃO são recomendados para os CÃES:

Melaleuca
Tomilho
Juniper
Alecrim
Wintergreen
Alho

Óleos essenciais mais recomendados para gatos

Óleo essencial de olíbano

Os óleos essenciais de incenso têm provado sua utilidade em alguns casos de câncer*. Além disso, o óleo de incenso também pode estimular o fluxo sanguíneo para o cérebro, mas também pode agravar a pressão arterial alta, portanto, tenha cuidado ao usá-lo. Você pode ir ao veterinário, mas é melhor não usar este óleo se seu gato já teve pressão sanguínea alta no passado.

Confira o artigo completo sobre o óleo essencial de olíbano no link abaixo:

Óleo essencial de hortelã

Semelhante ao óleo de hortelã-pimenta em termos de seu perfume e usos, o óleo de hortelã pode realmente ser útil para os gatos em diferentes situações, incluindo náusea e diarréia. Para gatos com excesso de peso, alguns veterinários usam óleo de hortelã para equilibrar o metabolismo e, em felinos com problemas gastrointestinais, o óleo pode ser usado para melhorar sintomas indesejados. Como a maioria dos óleos essenciais, o óleo de hortelã deve ser diluído antes da aplicação.

Óleo essencial de funcho

O óleo essencial de funcho tem um cheiro doce semelhante ao alcaçuz e é usado principalmente para o tratamento de problemas digestivos em humanos. Em gatos pode ajudar a equilibrar a hipófise, a glândula tireóide e a glândula pineal. Se líquidos e/ou toxinas se acumularem no tecido do gato, a aplicação de funcho diluído no exterior pode ajudar a destruir esse acúmulo insalubre e restaurar a função normal.

Óleo essencial de Immortelle

O óleo essencial de Immortelle tem muitas vantagens para animais de estimação devido a suas propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antimicrobianas e fungicidas. Para animais de estimação, é excelente para reduzir sangramentos acidentais e rejuvenescimento geral da pele. O óleo de Immortelle também é usado para apoiar o sistema nervoso e estimular o coração.

Óleo essencial de cardamomo

Como os humanos, o óleo de cardamomo é uma excelente ferramenta de digestão para animais de estimação. Ele pode ajudar a aliviar o ácido estomacal enquanto estimula um apetite saudável. Também possui propriedades antimicrobianas naturais e pode ser útil para a tosse.

Quais óleos essenciais são tóxicos para os gatos?

Quais óleos essenciais NÃO são recomendados para os GATOS:

Espruce
Melaleuca
Eucalipto
Limão
Lavanda
Tomilho
Hortelã-pimenta
Cassia
Canela

Como utilizar óleos essenciais para animais de estimação?

Use somente óleos essenciais 100% puros para animais de estimação e sempre dilua antes da aplicação, a menos que seja prescrito de outra forma por seu veterinário. Qual a quantidade de óleo que deve ser usada? As recomendações variam e se você não tiver certeza se é melhor começar com uma gota de óleo essencial em 50 gotas de óleo de apoio, como óleo de coco, azeitona ou amêndoa.

É claro que é importante adaptar a quantidade de óleo ao tamanho e à idade de seu animal de estimação. Use menos óleo diluído para cães e gatos pequenos, mas também maior quantidade para cachorros, gatinhos e animais maiores.

Para deixar seu animal de estimação apreciar o cheiro dos óleos essenciais, coloque uma ou duas gotas de óleo essencial no difusor e deixe que o cheiro se espalhe no ambiente por 10-15 minutos.

Precauções de uso

– Para ter certeza, consulte sempre seu veterinário antes de usar óleos essenciais para seus animais. Os gatos, em particular, correm o risco de reagir aos óleos essenciais. É muito importante que você escolha óleos essenciais que sejam 100%  confiáveis para seu animal de estimação sem nenhum tipo de manipulação ou aditivos.

– Verifique com seu veterinário se seu animal de estimação está de boa saúde e se os óleos essenciais não entram em conflito com seu animal de estimação por causa de sua raça ou problemas de saúde.

– Nunca utilize óleos essenciais de animais de estimação perto de áreas sensíveis como olhos, ouvidos, nariz e genitais.

– Não utilize óleos essenciais para filhotes de menos de 10 semanas de idade.

– Não usar óleos em animais com epilepsia que sejam propensos a convulsões.

– Se seu animal estiver grávida ou amamentando, fale com seu veterinário antes de usar óleos essenciais e tenha especial cuidado para informá-lo sobre os óleos essenciais (inclusive aqueles que você usa nas proximidades).

– Observe a reação de seu animal de estimação aos óleos essenciais e pare de usá-los se notar quaisquer efeitos colaterais.

– Gatos e cães têm um olfato muito sensível. Portanto, os óleos essenciais devem ser sempre utilizados em quantidades muito pequenas e diluídos com óleo de apoio. Também é importante lembrar quais óleos você pode e não pode usar no difusor de óleo ao redor de seu animal de estimação. Ao usar odores como difusor, certifique-se de ter aberto o caminho para a evacuação, para que seu cão ou gato não se sinta encurralado. Além disso, não é aconselhável forçar o uso de óleo em animais de estimação quando eles claramente não gostam.

– Não adicione óleos essenciais à comida ou água potável de seu animal sem as instruções de seu veterinário.

A lista de óleos essenciais tóxicos é diferente para cães e gatos. Também é importante lembrar que cada animal de estimação pode reagir de forma diferente a certos óleos essenciais e ter uma reação negativa.

Alguns óleos essenciais que nunca devem ser utilizados em animais

Cássia
Erva de Santa Maria
Cravo
Alho
Zimbro
Artemísia
Mostarda
Orégano
Tomilho vermelho ou branco
Melaleuca
Anis
Bétula
Amêndoa amarga
Boldo
Cálamo
Cânfora

Como aplicar óleos essenciais em cães e gatos?

O  melhor óleo de transporte em combinação com óleos essenciais para seu animal de estimação é o óleo de côco. O uso de óleos veiculares como o óleo de coco não só reduz o risco de irritação da pele, mas também ajuda a nutrir a pele de seu animal de estimação e as pesquisas mostraram que ele tem propriedades antifúngicas benéficas.

Para reduzir o risco de sensibilidade e toxicidade dos órgãos, o ideal é utilizar o óleo por até duas semanas e depois dar  um período de descanso.

Óleos carreadores considerados seguros (aplicação tópica)

Óleo de Semente de Borragem
Óleo de côco
Óleo de jojoba
Óleo de abacate
Babosa
Óleo de girassol
Óleo de semente de damasco
Óleo de amêndoa doce
Óleo de uva
Óleo de Noz Kukui

Efeitos secundários

Para animais de estimação com as seguintes condições de saúde, recomenda-se aos proprietários que sejam aconselhados por um veterinário: câncer, doenças relacionadas ao coração, distúrbios da pele, distúrbios do cabelo, doenças relacionadas ao hormônio ou epilepsia. Proprietários de animais de estimação que receberam medicamentos prescritos ou que estão passando por uma grande cirurgia ou que correm um risco maior de sofrer acidente vascular cerebral também são aconselhados a procurar uma consulta médica antes do uso.
Antes de usar qualquer óleo essencial no corpo de um animal, é altamente recomendável um teste de adesivo. Isso pode ser feito diluindo 1 gota do óleo essencial em 1 colher de sopa de um óleo transportador e aplicando uma quantidade do tamanho de uma moeda dessa mistura em uma pequena área da pele do animal que não é sensível.
No caso de uma reação alérgica, interrompa o uso dos produtos e consulte um veterinário imediatamente para uma avaliação da saúde e ação corretiva apropriada. Para evitar efeitos colaterais, consulte um profissional antes de usar.

Sinais e sintomas de envenenamento por óleo essencial em animais de estimação

Vermelhidão ou queimaduras nos lábios, gengivas, língua ou pele.
Dificuldade para caminhar
Vômito
Respiração difícil
Babando
Letargia ou fraqueza
Choque muscular
Pata na boca ou no rosto

Mantenha sempre os óleos essenciais fora do alcance de animais de estimação e crianças. Se você acha que seu animal de estimação foi envenenado com óleos essenciais, entre em contato imediatamente com seu veterinário. Leve o óleo suspeito ao seu veterinário em um recipiente fechado. Se você socorrê-lo o mais rápido possível, seu animal de estimação geralmente terá os melhores resultados. Se você suspeitar que seu animal de estimação ingeriu óleo, não é aconselhável induzir vômitos ou dar carvão ativado, pois isso pode piorar a situação.

Conheça nosso curso de aromaterapia online com 65%OFF para aprender sobre os benefícios dos óleos essenciais e utilizar em sua casa e em sua família de forma segura, saiba mais clicando aqui.

Importante: A informação contida nesta página é apenas para fins educativos. Solicite ajuda a um profissional capacitado sobre quais óleos essenciais utilizar e a dosagem adequada para seu tratamento. Embora sejam de origem natural, óleos essenciais são produtos extremamente concentrados, podendo gerar alergias e toxicidades.

*Fonte: https://www.emporiolaszlo.com.br/oleo-essencial-de-olibano-sagrado.html